© João Garcia
Nuno Rodrigues, Rafael Ferreira e Rui Fiusa tinham 16 anos quando começaram. Não havia nada melhor para fazer em Barcelos. Sem vocação para a cerâmica, herdaram o espírito da famosa “cena de Barcelos”, uma narrativa que tem o Milhões de Festa como epicentro e a boa vizinhança como política criativa na altura de arranjar instrumentos emprestados e sítios para ensaiar.
Depois de 3 álbuns – Building Waves (2011), Leeches (2013) e Heat (2015) – os Glockenwise regressaram aos discos em finais de 2018 com a irreverência que já lhes conhecíamos, mas agora com uma dose extra de sofisticação e maturidade. PLÁSTICO foi o álbum que marcou uma nova fase na sua carreira, pela primeira vez em língua portuguesa, que com um ritmo frenético desconstrói a vida e a rotina quotidianas.
Acabaria por se destacar na produção nacional, sendo considerado o melhor disco nacional do ano para o Público e a Antena 3.
Com a ajuda de singles como MODERNO e DIA FELIZ, conquistaram novos públicos. Percorreram também o país de norte a sul, tocando em salas e festivais e entregando-se aos palcos - que é onde são mais felizes.
2021 é um ano em que se encerra um ciclo da banda, podendo os fãs finalmente desfrutar do PLÁSTICO em vinil azul, numa versão limitada que conta com a faixa extra CALOR, surpreendente colaboração com Rui Reininho.
*os horários dos eventos estão sujeitos a alterações tendo em conta a atualização das medidas de contingência face à COVID-19
Back to Top